Bom dia! Hoje é quinta, 23 de novembro de 2017
Home / Notícias / Campo Grande terá voo direto para Assunção a partir do dia 10 de outubro

Campo Grande terá voo direto para Assunção a partir do dia 10 de outubro

/
/
/
57 Visualizações

A partir do dia 10 de outubro, os campo-grandenses poderão viajar diretamente para Assunção, no Paraguai. Este será o primeiro voo internacional direto, saindo da Capital, depois de um período de um ano e meio. O anúncio quanto a nova linha, a ser operada pela empresa boliviana Amaszonas Línea Aérea, foi feito na manhã desta quinta-feira (dia 31) pela titular da Sectur (Secretaria Municipal de Turismo), Nilde Brum.

Conforme apurado pelo Campo Grande News, o novo voo terá início no dia 10 de outubro. Outros detalhes, como preço, serão comunicados na próxima semana. No momento, não há nenhum voo internacional direto saindo da Capital.

De acordo com a gerente da Amaszonas em Campo Grande, Camila Ricci, há um ano e meio, saía da Capital voo para a cidade boliviana de Santa Cruz de La Sierra. Era também a única linha internacional a partir de Campo Grande sem conexão.

Com a retração econômica do País e valorização cambial, a procura caiu drasticamente, tornando o voo inviável. “Era uma aeronave para 50 passageiros e viajavam apenas dez, 12…”, contou a gerente. A linha existiu por um ano e quatro meses.

Conforme Camila, os detalhes do voo, como preço, por exemplo, que ainda estão sendo definidos, serão informados na próxima semana. “Mas, com certeza, será muito mais em conta do que a pessoa paga hoje”, assegurou.

Além de economia no bolso, o passageiro também economizará no tempo. Atualmente, voo de Campo Grande para Assunção, com conexão em aeroportos de São Paulo, chegam a demorar cerca de dez horas. O voo direto para a capital paraguaia terá duração aproximada de 1 hora e 20 minutos, de acordo com a gerente da Amaszonas.

Turismo – O novo voo deve fomentar ainda mais o turismo em Campo Grande, que já contabiliza números expressivos. Apenas em julho, os turistas movimentaram R$ 44 milhões na Capital, de acordo com dados informados pela secretária Nilde Brum na manhã de hoje.

Fonte: Campo Grande News

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *