Bom dia! Hoje é domingo, 25 de junho de 2017
Home / Notícias / Creas desenvolve palestras em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

Creas desenvolve palestras em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

/
/
/
42 Visualizações
  1. O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) está promovendo em Bataguassu, a campanha “Faça Bonito” em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, comemorado nesta quinta-feira, dia 18 de maio. A iniciativa tem apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Centro de Referência em Assistência Social (Cras I e II), Conselho Tutelar e Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec).

    Conforme a coordenadora do Creas, Elaine Kotay Lira, um ciclo de palestras voltado as famílias atendidas pelo programa estadual Vale Renda ocorrido entre os dias 2 e 5 de maio iniciou a mobilização, que tem como objetivo sensibilizar a comunidade de uma forma geral a respeito de casos de violência praticados contra crianças e adolescentes. “Nossa intenção é mobilizar toda a sociedade e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais das crianças e adolescentes. Antecipadamente, destacamos que em caso de denúncias com relação a algum tipo de situação nesse sentido, o Conselho Tutelar assim como o Creas ou mesmo o disque 100 devem ser acionados”, explica a coordenadora.

  2.  

    Elaine lembra que as palestras atenderam as escolas da rede municipal e estadual de ensino, com foco em crianças e adolescentes na faixa etária dos 6 aos 11 anos.

    A partir da apresentação de vídeo, slides e músicas, os participantes das atividades puderam aprender mais sobre o que fazer caso haja algum tipo de tentativa de abuso e para quem contar sobre a situação. Nesse sentido, foram abordados durante as palestras os eixos abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, formas de prevenção e canais de denúncias.

  3.  

    A entrega de panfletos e adesivos também fizeram parte da atividade, que atendeu ainda alunos das escolas estaduais “Manoel da Costa Lima”, “Professor Braz Sinigáglia”, “Peri Martins” e “Luiz Alberto Abraham”, com encerramento hoje.

    A coordenadora lembra que a prevenção e a informação são sempre a melhor forma de se discutir o assunto. “A ideia da ação foi alertá-los sobre os casos de abuso e exploração sexual e como saberem denunciar, se protegerem”, concluiu ela, que observa que as unidades escolares dos assentamentos assim como as do Distrito de Nova Porto XV serão atendidas com a mesma campanha no mês de outubro durante a ação realizada pelo Governo Estadual.

  1.  

    Por que 18 de maio?

    Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos.

    Com a repercussão do caso e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes a partir da aprovação da Lei Federal 9.970/2000.

    O caso “Araceli” como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas infelizmente situações absurdas como essa ainda se repetem.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *