Boa tarde! Hoje é quarta, 13 de dezembro de 2017
Home / Publicidade / Governo do Estado lança concurso público da Polícia Civil com 210 vagas

Governo do Estado lança concurso público da Polícia Civil com 210 vagas

/
/
/
176 Visualizações

O Governo do Estado lançou nesta quarta-feira (7) o concurso público da Polícia Civil, que oferecerá um total de 210 vagas, sendo 30 delas para o cargo de delegado, 100 para escrivão e 80 para investigador. O salário oferecido para delegado é de R$ 14.978,26, enquanto o vencimento para escrivão e investigador fica em R$ 3.888,26, mais abono de R$ 300.

A publicação do edital será realizada nesta quinta-feira (8) no DOE-MS (Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul), conforme anunciou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em visita realizada à Nova Andradina hoje. A realização do concurso ainda neste ano é uma promessa do governo estadual.

O período de inscrição deverá começar já nesta quinta e ir até 10 de julho. Ao anunciar a abertura do concurso, Reinaldo disse que a intenção é fortalecer a estrutura da segurança pública no Estado, parte do compromisso feito.

“Nós vamos fazer um trabalho com a Polícia Militar e com o Corpo de Bombeiros, para gente fazer um cronograma de concursos públicos para que todo ano tenha ingresso de policiais nas forças de segurança do Estado”, acrescenta o governador.

Reinaldo ainda afirma que a tendência é que os concursos sejam realizados de maneira gradual, com o preenchimento de vagas distribuídos entres eles, ao invés de um grande concurso com, por exemplo, mil vagas. A estratégia é evitar que haja, anos depois, uma aposentadoria em massa desses servidores, ao mesmo tempo, criando uma defasagem no efetivo.

O concurso – De acordo com a assessoria de imprensa do Governo do Estado, o edital do concurso da Polícia Civil tem 61 páginas e traz algumas inovações em relação aos concursos anteriores – uma delas e já ter todo cronograma no edital.

As provas escritas, por exemplo, serão em datas e horários diferentes, o que vai permitir que o candidato possa disputar, por exemplo, a vaga de escrivão e investigador. Porém, para isso ele terá que fazer duas inscrições e a taxa para se habilitar para o concurso é de R$ 197,00.

A exigência de escolaridade para o cargo de delegado é exigido de bacharelado em Direito, enquanto para os outros dois cargos, qualquer curso de nível superior. O prazo para pedir isenção da taxa vai até o dia 14 deste mês.

Para delegado, a prova será aplicada em Campo Grande no dia 20 de agosto e para escrivão e investigador, no dia 17 de setembro, em Campo Grande, Dourados e Paranaíba. Ao todo, o concurso terá nove etapas, sendo a primeira a prova escrita.
Outra novidade é que o exame de formação (academia de polícia) é eliminatório. Quanto a idade, o edital fixa que, para concorrer às vagas, o candidato tem que ter no mínimo 21 e no máximo 45 anos.

Sobre o edital já conter todo o cronograma do concurso, o chefe da SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização), Carlos Alberto de Assis, comenta que com isso o candidato poderá de programa melhor.

“Em tempos de crise a gente sabe das dificuldades das pessoas em se deslocarem para fazerem as provas. E foi pensando nisso que descentralizamos os locais das provas, para facilitar a participação dos candidatos“, enfatiza Reinaldo Azambuja.

Fonte: Campo Grande News (https://campograndenews.com.br)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *