Boa noite! Hoje é sexta, 17 de agosto de 2018
Home / Notícias / Caravina se reúne com diretoria da Coopaclara e debatem sobre mini usina de leite

Caravina se reúne com diretoria da Coopaclara e debatem sobre mini usina de leite

/
/
/
268 Visualizações

O prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB) se reuniu na última quarta-feira, dia 19 de abril, às 10 horas, no gabinete municipal, com membros da nova diretoria da Cooperativa de Produção do Assentamento Santa Clara (Coopaclara).

O encontro, que contou ainda com a presença do responsável pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Alessandro Firmino de Souza, discutiu entre outros assuntos, a operacionalização da mini usina de pasteurização de leite, instalada no Assentamento Santa Clara e inaugurada em 2014.

O presidente da Cooperativa, Sandro Oliveira de Lima, solicitou que a administração pública auxilie novamente a Coopaclara a partir da destinação de recursos para a manutenção da mini usina. Lima pediu ainda ao prefeito que intermedie junto aos parlamentares e/ou órgãos estaduais a destinação de um veículo adequado para o transporte de leite.

Ele destacou que a Coopaclara possui cerca de 100 cooperados e que a produção leitura somado os produtores rurais dos Assentamentos Santa Clara e Aldeia I e II somam 6,5 mil litros de leite por dia.

Sobre a situação da mini usina, Caravina salientou que aguardará um levantamento técnico para saber as reais necessidades da mini usina e desta forma, poder disponibilizar aporte financeiro. “Vamos aguardar um diagnóstico, um parecer técnico com um levantamento das necessidades para que possamos direcionar recursos, tudo dentro da lei”, disse o gestor.

Foto: Micael Nunes

O prefeito também comentou que na mesma semana participaria de uma reunião com o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Enelvo Felini, e que solicitaria a cessão de uso de um veículo para auxiliar a cooperativa assim como técnicos em agroindústria para analisarem a mini usina. Caravina completou que solicitará aos representantes da região do Sebrae-MS, parceiros do município, esse mesmo apoio técnico.

O gestor salientou como em reuniões anteriores que a mini usina de pasteurização de leite será a redenção da Coopaclara quando a mesma entrar em operação. “A Prefeitura tem sido parceria em tudo o que foi solicitado até o momento pela Coopaclara, mas é preciso que haja a mobilização por parte dos associados para que esse projeto seja levado adiante. Com essa iniciativa, todos terão renda e me comprometo ainda em buscar meios de ajudar a escoar a produção inicial da cooperativa, através da merenda escolar e outros setores da Prefeitura”, relembrou mais uma vez Caravina.

A mini usina de pasteurização de leite foi construída através de convênio firmado entre Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Prefeitura de Bataguassu e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), com recursos aprovados pelo PROINF/ Consórcio dos Municípios do Vale do Ivinhema (Codevale).

Para construção, foram investidos R$ 50.950 mil oriundos do MDA, enquanto a Prefeitura reverteu para o término da obra e aquisição de materiais em contrapartida a importância de R$ 54.148,26 mil, totalizando R$ 105.098,26 mil. Outros recursos municipais desde a inauguração já foram empregados para auxiliar a Cooperativa no início da operacionalização da indústria.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *