Radio Definitiva
Publicidade
Publicidade
Bataguassu/MS
Min.
Máx.
Saúde organiza campanha para cadastro de doador voluntário de medula óssea
05/07/2019

Ação em parceria com o Hemosul será realizada no dia 20 de julho, sábado, das 8 às 17 horas, na Secretaria Municipal de Saúde

A Prefeitura de Bataguassu, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Hemosul promove no dia 20 de julho, sábado, das 8 às 17 horas (horário de Brasília), uma campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea. A ação será realizada na sede da secretaria (Avenida Porto XV de Novembro, 775).

Segundo a secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso, para participar os interessados devem ter entre 18 e 55 anos; apresentar bom estado de saúde, não apresentar doença infecciosa ou incapacitante; e não ter tido doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico. “Queremos conscientizar nossa população sobre a importância da doação de medula óssea. Nosso objetivo é auxiliar o Hemosul a aumentar o número de doadores cadastrados no município e, consequentemente, aumentar as chances de salvar vidas”, comenta.

Maria Angélica informa que nos anos de 2016, 2017 e 2018, campanhas relacionadas ao tema foram desenvolvidas no município.

Ela revela que um jovem de 20 anos residente em Bataguassu é um dos milhares de pacientes que aguardam por um doador de medula óssea compatível. “Temos o jovem Samuel Rodrigues Dias, que está internado em busca de um doador compatível. Ele luta contra a leucemia pela terceira vez em um período de 10 anos. Com a campanha, queremos ajudar muitos pacientes que aguardam por uma doação”, frisa.

No dia da campanha, para ser atendido, é preciso apresentar documento com foto e cartão SUS.

COMO SE CADASTRAR

Durante o cadastro, segundo o Hemosul, é feita a retirada de uma amostra de sangue para fazer o exame de histocompatibilidade (HLA), que identifica as características genéticas do doador. Essas informações e os dados cadastrais [do doador] são enviadas para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

A partir da coleta, os dados genéticos dos doadores são cruzados com os dos pacientes que precisam da medula. Se houver compatibilidade genética, novos exames além de uma avaliação clínica de saúde são realizados, para somente assim, a doação ser autorizada e realizada.

Quem já se cadastrou alguma vez em campanhas de medula óssea, não precisa se cadastrar novamente, bastando apenas atualizar seus dados através do site http://redome.inca.gov.br/

Conforme o Hemosul, o transplante de medula óssea é a única esperança de cura para milhares de portadores de leucemia e algumas outras doenças relacionadas a sangue.

 

Fotos Assecom Prefeitura de Bataguassu
 
 
 
 

 

Bianca Lima 

Jornalista Profissional MTB 56353/SP

Contato: (18) 9-9602-8148

 

 

Fonte: Por: Assecom / Prefeitura de Bataguassu
VIAGEM MUSICAL
22:30 as 24:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua Santa Rosa de Lima - Jardim São Francisco - Bataguassu/MS
Ligue agora
(67) 3541-3682
Horário de atendimento
08:00 AS 19:00 HS